Angiografia por Ressonância Magnética (ARM)

Exames neurológicos no CURA

A angiografia por ressonância magnética (ARM) é um método não invasivo de avaliação das artérias cerebrais e cervicais. Os vasos da circulação dentro do crânio (intracraniana, os quais os principais são conhecidos como polígono de Willis) são identificados e detalhados com imagens bem próximas às obtidas na angiografia digital. Devido à boa caracterização das mais importantes artérias do sistema carotídeo e vertebro-basilar, além do trajeto distal de vasos de pequeno calibre, o exame é indicado principalmente na avaliação arterial e venosa intracraniana. As imagens dos vasos sanguíneos podem ser obtidas com ou sem uso do material de contraste paramagnético. Este provoca menos reações alérgicas do que o contraste à base de iodo, usado nos RX e TC. Deste modo, a AngioRM é um procedimento mais seguro nos casos de alergia ao contraste iodado, embora seja contraindicado em pacientes com insuficiência renal. A angioRM pode ser utilizada para detecção de doença vascular oclusiva nos vasos dentro do crânio (intracranianos) e cervicais (extracranianos), além de contribuir com informações importantes no diagnóstico de hemorragia intraplaca de ateroma, dissecções arteriais, aneurismas e malformações vasculares (alterações dos vasos sanguíneos como angioma cavernoso). A angioRM pode avaliar stents intracranianos e extracranianas dependendo do material utilizado. É fundamental que detalhes destes stents sejam conhecidos para liberação da realização do exame.

 

 

Agendar Orçamento