Raios-X

Exames neurológicos no CURA

Os raios X utilizam feixes de energia eletromagnética invisível (radiação externa) para produzir imagens dos ossos, órgãos e tecidos internos. Devido às tecnologias mais avançadas de diagnóstico por imagem, os raios-X são menos utilizados atualmente. Contudo, continuam importantes na identificação de fraturas e defeitos dos ossos do crânio, tumores da hipófise, malformações congênitas (anomalias de nascimento), detecção de calcificações cerebral e alguns tumores. Os raios-X de coluna vertebral (cervical, torácica e lombo-sacra) são realizados para o diagnóstico de fraturas, alterações no alinhamento da coluna vertebral (cifose, escoliose), anomalias congênitas,  espondilolistese (deslizamento de vértebras), artrite, tumores e controle pós operatório de posicionamento de placas, parafusos, além de outras estruturas de fixação de coluna.

 

 

 

 

Agendar Orçamento