Utilidade dos testes sorológicos rápidos na COVID-19 - CURA

Utilidade dos testes sorológicos rápidos na COVID-19

De acordo com as recomendações das autoridades sanitárias, a disponibilidade de testes laboratoriais precisos e utilizados no tempo certo são parte essencial da gestão da COVID-19. Os testes diagnósticos devem ser usados para abrandar a evolução da pandemia, apoiar decisões sobre as estratégias de controle da infecção e gestão de pacientes em estabelecimentos de saúde, e para detectar casos assintomáticos que possam disseminar o vírus caso não sejam devidamente isolados.
Atualmente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o diagnóstico da COVID-19 por meio de testes moleculares que detectam o RNA do vírus SARS-CoV-2 em diversos materiais biológicos, preferencialmente em secreções do trato respiratório. Em virtude de limitações estruturais e da escassez global de reagentes, há significativa limitação para realização de testes moleculares frente à crescente demanda em todo o mundo. Dessa forma, o acesso a testes rápidos e confiáveis pode aliviar a pressão e expandir a capacidade de atender às necessidades mais urgentes nesse cenário de grande agravo à saúde pública.
Os testes rápidos disponibilizados para a detecção de anticorpos contra o vírus da COVID-19 envolvem procedimentos não automatizados, simples e de fácil interpretação, que permitem resultados em 8 a 30 minutos. Esses testes detectam os anticorpos que aparecem no sangue como parte da resposta imune contra o vírus. Deve-se enfatizar que os testes de detecção de anticorpos contra o SARS-CoV-2 têm utilidade limitada para o diagnóstico precoce da COVID-19, pois pode levar 7 a 10 dias ou mais após o início dos sintomas para que os pacientes se tornem positivos para anticorpos detectáveis. Além disso, os anticorpos persistem por muito tempo após a infecção ter desaparecido.
A premissa de fornecer resultados rápidos tem tornado tais testes potencialmente muito úteis, uma vez que podem levar as pessoas a voltar ao trabalho e ajudar os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à pandemia.
Uma vez que o teste rápido rastreia o sangue em busca de anticorpos, seu resultado pode identificar quem foi infectado anteriormente e pode já ter desenvolvido imunidade ao vírus. O teste rápido de anticorpo é indicado para pacientes com sintomas da Covid-19, preferencialmente após o 7º dia do início dos sintomas, e para pessoas sem sintomas que tiveram contato com caso suspeito ou confirmado de Covid-19, neste caso preferencialmente 10 a 14 dias após contato. Fora desse contexto individual, o teste rápido será muito útil na investigação da presença do vírus na comunidade, identificando pessoas que tiveram contato com o vírus, desenvolveram anticorpos e estão imunes à COVID-19. Dessa forma, a testagem com essa ferramenta pode auxiliar na identificação de pessoas que já imunes ao vírus podem voltar ao trabalho e assim, ajudar a minimizar o impacto que a doença apresenta em toda a comunidade.