Exames de imagem para diagnóstico do câncer de mama - CURA

Exames de imagem para diagnóstico do câncer de mama

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres.

A doença não tem uma causa única. Pode ser desencadeada por diversos fatores genéticos e comportamentais. Um dos fatores de risco mais importantes é a idade, pois 25% dos casos ocorrem em pacientes maiores de 50 anos. Histórico pessoal ou familiar também aumentam a chance de desenvolver a doença.

Em geral, o tratamento do câncer de mama envolve a realização de uma cirurgia para remover o tumor e outras terapias complementares, como quimioterapia ou radioterapia. Felizmente, o diagnóstico precoce aumenta a possibilidade de cura, mais de 90%, e diminui a agressividade do tratamento. Assim, é de extrema importância manter as consultas médicas e exames de rotina em dia, para descobrir qualquer alteração em estágios iniciais.

Para diagnosticar o câncer de mama, além do exame clínico realizado pelo médico, a mamografia é um dos mais importantes. Ultrassonografia e ressonância magnética são outras tecnologias que contribuem para a detecção da doença.

O CURA Imagem e Diagnóstico tem mais de 30 anos de experiência na realização desses exames, e conta com uma equipe altamente especializada para oferecer o melhor atendimento às pacientes e os resultados mais precisos e confiáveis às equipes médicas.

Mamografia

A mamografia é o principal método para diagnóstico do câncer de mama, sendo capaz de detectar os primeiros sinais radiológicos da doença. É o método usando para rastreamento e detecção precoce de câncer de mama no mundo inteiro, tendo se mostrado capaz de diminuir o índice de mortalidade decorrente do câncer de mama, uma vez que identifica a doença em estágios bastante iniciais. Deve ser realizada anualmente a partir dos 40 anos em todas as mulheres assintomáticas. Em caso de histórico familiar ou outros fatores de risco, deve ser feito mais cedo, conforme orientação médica.

Ultrassonografia

A ultrassonografia pode ser um valioso complemento da mamografia. Indicada especialmente para as mulheres com mamas mais densas ou para averiguar cistos e nódulos, já que, nestes casos, tem melhor resolução do que a mamografia. Pode ser também empregadas na avaliação de assimetrias encontradas nas mamas. Mas atenção: a ultrassonografia não substitui a mamografia!

Ressonância Magnética (RM)

Outra tecnologia indicada para avaliar as mamas densas. Pode ser utilizada para avaliar a extensão no tumor nas pacientes diagnosticadas com a doença, bem como contribuir com o planejamento cirúrgico, pois permite identificar se existem outras áreas da mama atingidas pela doença e não identificadas na biópsia. Não é recomendada para pacientes assintomáticas, mas tem grande valor para pacientes com histórico pessoal e outros fatores de risco. Também substitui a mamografia.

Vantagens dos exames de imagem

  • Não invasivos
  • Alta precisão
  • Indolores
  • Paciente retoma suas atividades no mesmo dia

Por que o CURA?

  • Expertise consolidada de mais de 30 anos em exames de imagem e biópsias.
  • Equipe altamente qualificada para realização dos exames e interpretação dos resultados.
  • Uso das mais avançadas tecnologias disponíveis no mercado.
  • Precisão e acurácia dos resultados amplamente reconhecidas pela área de saúde.
  • Canal direto de comunicação com os médicos para esclarecimento de dúvidas.
  • Atendimento humanizado, prezando pelo conforto e tranquilidade da paciente em todos os momentos do exame.