Previna-se contra a meningite B - CURA

Previna-se contra a meningite B

Você sabia que a cada dia crescem os casos de meningite B no Brasil? A doença é caracterizada pela inflamação das meninges, membranas que envolvem todo o sistema nervoso e é causada pelo meningococo B (MenB), um dos principais agentes da meningite bacteriana. Esse tipo é considerado um dos mais letais – a cada dez casos, dois são fatais – e representam entre 20% a 40% das meningites.

A doença é transmitida quando gotas de saliva de uma pessoa infectada entra em contato com a mucosa do nariz ou boca de outra pessoa. Espirros e contato das mãos em locais públicos podem facilitar o contágio da doença.

Os sintomas da meningite podem ser confundidos com o de gripe, como febre alta, calafrios e dores de cabeça. Além disso, a pessoa com meningite pode ter alterações do estado mental, enjoos, vômitos e pescoço rígido. Porém, o diagnóstico correto é feito somente com a avaliação de um médico.

Vacinas para prevenção da meningite

As vacinas podem ajudar a prevenir a doença meningocócica, que é qualquer tipo de doença causada pela bactéria Neisseria meningitidis. Existem 2 tipos de vacinas meningocócicas disponíveis.

  1. Vacina meningocócica conjugada MenACWY
  2. Vacina meningocócica contra o sorogrupo B (MenB)

Todas as crianças de 11 a 12 anos devem receber uma vacina meningocócica conjugada, com uma dose de reforço aos 16 anos. Adolescentes e adultos jovens (16 a 23 anos) também podem receber uma vacina meningocócica do sorogrupo B. Também recomenda-se a vacinação meningocócica para outras crianças e adultos com risco aumentado de doença meningocócica.

Vacinação contra a meningite sorogrupo B (MenB)

A vacina é a única medida segura e eficaz para prevenir a doença. Entenda a seguir como funciona o esquema das doses da vacina por idade e proteja a sua família:

  • Crianças até 6 meses: três doses aos 3, 5 e 7 meses de idade (intervalo de 2 meses entre as doses), com um reforço entre 12 e 15 meses.
  • Crianças entre 7 e 11 meses: duas doses com intervalo de 2 meses e reforço entre 12 e 15 meses de idade, com intervalo mínimo de 2 meses da última dose.
  • Crianças entre 12 meses e 10 anos de idade: duas doses com intervalo de dois meses.
  • Crianças a partir de 11 anos, adolescentes e adultos até os 50 anos: duas doses com intervalo de um mês.

Fale com o seu médico ou com o médico do seu filho se tiver dúvidas sobre as vacinas meningocócicas.